O Mauritano – Diário de Guantánamo

19.78

Autor: Mohamedou Ould Slahi

REF: 9789898491398 Categoria:

Descrição

 

SINOPSE

Um documento marcante e de uma imensa relevância histórica.

Um texto fundamental, que o governo norte-americano tentou esconder do grande público e que censurou fortemente.
Mohamedou Ould Slahi foi transferido para a prisão norte-americana de Guantánamo em 2002, suspeito de ser um dos mentores do 11 de Setembro. Em março de 2010, após 13 anos de cativeiro sem qualquer acusação formal, um juiz federal ordenou a sua libertação. Mas o governo dos EUA lutou contra essa decisão.

Nunca existiu qualquer motivo para a detenção de Slahi. Não havia quaisquer provas que justificassem a sua permanência em Guantánamo, muito menos os atos de tortura repetidos, violentos e sinistros de que foi alvo. Escrito por Slahi durante os primeiros anos na prisão cubana, este livro é um registo extraordinário e um documento sem precedentes da história do século XXI: uma obra que descreve, com um pormenor e uma proximidade arrepiantes, os processos de captura, interrogatório, brutalização e tortura perpetrados pelas autoridades dos EUA ao abrigo da chamada lei de guerra contra o terror.

Um documento marcante e de uma imensa relevância histórica.

Autor: Mohamedou Ould Slahi

isbn: 9789892328263
Capa mole

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Mauritano – Diário de Guantánamo”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

(+351) 966 661 439 geral.entrelivros@gmail.com
Se o livro que procura não se encontra no nosso website, envie-nos um email com o título que procura, que responderemos logo que possível. Boas Leituras!
PORTES GRÁTIS Encomendas superiores a 20€